domingo, 7 de fevereiro de 2010

Sempre a minha amada

Não existe destino meu amor,
nós fazemos a alegria, fazemos a dor.
Não há nada escrito.

São páginas vazias,
para criarmos nossas próprias magias
escrever nossos dias, e preencher de amor.

Eu completo a ti e você a mim.
Eu sempre a pensar e você sempre a agir.
Estarei sempre ao teu lado assim,
nunca te deixarei, nem vou pra ti mentir.

Quando não souber o que dizer...
Não diga nada!
Eu sei o que fazer.
Serás sempre a minha amada!


Kilder Leon

07/02/2010

4 comentários:

  1. Gostei dessa,continue o poetero que vc é :D

    ResponderExcluir
  2. ^^ Caran, esse pooema é tudo de boom (:
    Parece que nossos passos são progetado assim como em um livro, onde tudo é esperado, onde tudo o que fizermos já seria escrito, mas quando nos deparamos com um amor estranho, ou quando nos sentimos atraidos por outra pessoa que nunca te fez suspirar, sinto-me simplismente traida pelo meu "destino", que agora sei que não existee, ou então saiu do prumo ...

    Seguindoo ;**

    Recado: Caran, valeu pelaa visita no meu blog e poor ter gostado tanto [eu ameii o seu]. E esse Ticoo nãoo me veio a memoria, deve ser algum apelido do qual não conheçoo [tipicoo de uma novata] (: Beijoos

    ResponderExcluir
  3. Nossa, ficou muito lindo esse poema...
    Ameei!

    ResponderExcluir
  4. Owwn *--*
    Que poema liindo!

    ResponderExcluir